Ivo Rezende (PSB), prefeito de São Mateus do Maranhão, é eleito presidente da Famem

Com 184 votos, Ivo Rezende (PSB), prefeito da cidade de São Mateus do Maranhão, foi eleito o novo presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), em eleição realizada nesta segunda-feira (21). Durante o pleito, estavam aptos a votar 202 prefeitos, que são associados da entidade. Destes, apenas 185 compareceram à sede da federação.

O prefeito de São Mateus afirmou que, as demandas que dependem de recursos terão prioridades na sua gestão e que vai buscar, junto ao governo do Estado, da União e junto a bancada maranhense, verbas que possam ajudar os prefeitos em suas gestões.

“É um momento importante porque tivemos consenso mesmo diante de uma eleição tanto para governo do estado quanto para presidente da República tão polarizada. Todos os prefeitos entenderam que os palanques foram desmontados e que devemos nos unir para lutar pelas causas municipalistas. Então, temos a mais absoluta certeza que vamos construir uma entidade cada vez mais forte”, disse Ivo Rezende.

Para o novo presidente do órgão, as pautas municipalistas serão prioridade. “A gente vai em busca de recursos não somente junto ao governo do Maranhão, mas também junto a bancada maranhense em Brasília para que a gente possa atender as demandas municipalistas na área da infraestrutura, da saúde, da educação e do saneamento básico principalmente”, afirmou o prefeito.

Semana Maranhense de Dança que teve início nesta segunda-feira e vai até o dia 30

Teve início ontem (21) a 16ª Semana Maranhense de Dança, com o espetáculo ‘Da Cor de Cobre’, realizado no palco do Teatro Arthur Azevedo. A programação do evento prossegue até o dia 30 deste mês. Traz para esta edição o tema Brasilidades Maranhenses, propiciando um espaço onde pretende-se ressaltar as intersecções presentes nas nossas brincadeiras, folguedos e danças populares com as discussões e práticas das danças, bem como de suas pluralidades de movimentos na contemporaneidade.

A programação do evento é totalmente gratuita e preza pelo compromisso com a formação e a pesquisa da linguagem, de modo que possa contribuir para expansão dos fazeres artísticos que emergem no contexto atual e fortalecer a cadeia produtiva da cultura maranhense. Além de espetáculos maranhenses e nacionais, contará com oficinas formativas, painéis de pesquisa, mostras coreográficas e competitivas e a famosa Batalha de Danças Urbanas Negro Cosme.

A Semana Maranhense de Dança vem, há 16 anos, valorizando o legado e a relevância dos trabalhos dos artistas, bailarinos, companhias, grupos e escolas de dança, além de contribuir para a formação de novas gerações de espectadores que apreciam e compreendem a importância dessa linguagem para a cultura do Maranhão.

Para assistir ao espetáculo, o público pode retirar os ingressos na bilheteria do Teatro Arthur Azevedo, duas horas antes do início da apresentação. Além do espetáculo, a 16ª Semana Maranhense de Dança terá em seu primeiro dia de programação oficinas e outras atrações totalmente gratuitas que o público pode conferir no Instagram do evento @semanadedanca2022.

O evento é uma realização da Gestus Produções Culturais e da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), por meio do Teatro Arthur Azevedo (TAA), com patrocínio da Equatorial Energia por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Câmara de São Luís derruba 17 vetos a projetos parlamentares

A Câmara Municipal de São Luís (CMSL) derrubou os 17 vetos analisados, em sessão extraordinária, na manhã desta segunda-feira (21/11). As decisões alcançam desde projetos sobre prevenção ao câncer, combate a doenças graves, a propostas que buscam atendimento de crianças e adolescentes com TEA, assistência social e cuidados da nossa população neste período de pós-pandemia.

Com a derrubada dos vetos, as leis serão promulgadas pelo Legislativo ludovicense e entrarão em vigor após sua publicação no Diário Oficial do Município (DOM). Para a derrubada de um veto, são necessários os votos contrários da maioria dos 31 vereadores. Ou seja, um total de 16 parlamentares.

Entre os dispositivos, foi derrubado o veto parcial (VETO 10/22) ao Projeto de Lei n° 094/2021, de autoria do Coletivo Nós (PT), que altera a Lei Municipal n° 6.340 de 10 de julho de 2018 que instituiu o Sistema Único de Assistência Social. O texto que foi aprovado pela Casa começou a tramitar no ano passado.

O co-vereador Jonathan Soares, que integra o mandato coletivo, se manifestou sobre o assunto e afirmou que as “matérias em apreciação são importantíssimas para cidade, mas sem tratamento republicano ou constitucional, a gestão veta todas essas propostas sem fazer nenhum diálogo com esta Casa ou com os vereadores”.

“O que nós estamos vendo aqui é um show de insensibilidade e incompetência da prefeitura de São Luís. Boa parte dos projetos de lei que estão em discussão hoje nesta Casa e, que foram vetados pelo prefeito, são iniciativas que tratam sobre prevenção ao câncer, combate a doenças graves, atendimento de crianças e adolescentes com TEA, assistência social e cuidados da nossa população neste período de pós-pandemia e cuidados com os educadores”, declarou.

“São matérias importantíssimas para nossa cidade, mas sem tratamento republicano ou constitucional, a gestão veta todas essas matérias sem fazer nenhum diálogo com esta Casa ou com os vereadores”, completou o membro do Coletivo Nós.

IPTU E CUIDADOR

Outras proposituras que tiveram seus vetos derrubados foram os PLs 0044/2021, que dispõe sobre a autorização para a isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU aos Microempreendedores Individuais (MEI) do vereador Andrey Monteiro (Republicanos); e 0035/2022, do vereador Marcial Lima (Podemos), que “estabelece a jornada semanal de 30 (trinta) horas para os servidores dos cargos de cuidador

PAUTAS DA SAÚDE

O parlamento também rejeitou ainda veto aos os PLs 0279/2021, do vereador Ribeiro Neto (Patriota), que criava o Fundo Municipal de Combate e Prevenção ao Câncer; e 0151/2021, do vereador Octávio Soeiro (Podemos), que dispunha sobre a obrigatoriedade de funcionamento, aos sábados e domingos, dos postos e unidades de saúde, que integram a Rede Municipal de Saúde.

Além da participação presencial no Plenário Simão Estácio da Silveira, os vereadores também participaram por meio do Sistema de Deliberação Remota por Videoconferência na sala de votação virtual. Em consonância ao disposto no art. 241, §§ 4º e 5º do Regimento Interno da Casa, também derrubados os seguintes vetos:

– VE0010/2022 – Mensagem de Veto nº 010/2022. Projeto de Lei n° 094/2021, do vereador Coletivo Nós, que “altera a Lei n° 6.340 de 10 de julho de 2018 que instituiu o Sistema Único de Assistência Social”;

– VE0011/2022 – Mensagem de Veto n° 012/2022. Projeto de Lei n° 0044/2021, do vereador Andrey Monteiro, que “dispõe sobre a autorização para a isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU aos Microempreendedores Individuais (MEI)”;

– VE0012/2022 – Mensagem de Veto n° 15/2022. Projeto de Lei n° 0099/2022, do vereador Umbelino Júnior, que “altera o art. 8º da Lei Municipal nº. 6.879/2021”;

– VE0013/2022 – Mensagem de Veto n° 18/2022. Projeto de Lei n° 0181/2022, do vereador Ribeiro Neto, que “concede a gratuidade do Transporte Coletivo Urbano Municipal a toda criança ou adolescente participante do “Clube de Desbravadores” nos finais de semana e feriados, e dá outras providências”;

– VE0014/2022 – Mensagem de Veto n° 16/2022. Projeto de Lei n° 0279/2021, do vereador Ribeiro Neto, que “Fica criado Fundo Municipal de Combate e Prevenção ao Câncer; e dá outras providencias”;

– VE0015/2022 – Mensagem de Veto n° 17/2022. PL n° 0080/2021, do vereador Álvaro Pires, que Projeto de Lei que “dispõe sobre a cronologia de empenho, liquidação e pagamento a fornecedores locais (ludovicenses), qualificados como MEI, Micro empresas e Empresa de Pequeno Porte”;

– VE0016/2022 – Mensagem de Veto n° 19/2022. Projeto de Lei n° 0035/2022, do vereador Marcial Lima, que “Estabelece a jornada semanal de 30 (trinta) horas para os servidores dos cargos de cuidador escolar, transcritor e adaptador, revisor em braille e monitor de transporte escolar do Município de São Luís/MA”;

– VE0017/2022 – Mensagem de Veto n° 20/2022. Projeto de Lei n° 0151/2021, do

vereador Octávio Soeiro, que “Dispõe sobre a obrigatoriedade de funcionamento, aos sábados e domingos, dos postos e unidades de saúde, que integram a Rede Municipal de Saúde”;

– VE0018/2022 – Mensagem de Veto n° 21/2022. PL n° 0023/2022, de autoria do vereador Antônio Garcez, que “altera dispositivo da Lei Nº 6.503 de 21 de Março de 2019 para criar a obrigatoriedade do serviço de Assistência Social nas escolas da rede pública municipal de ensino”;

– VE0019/2022 – Mensagem de Veto n° 24/2022. Projeto de Lei n° 0356/2021, da vereadora Concita Pinto, que “Cria o programa de saneamento básico “fossa limpa” para executar serviços de limpeza de resíduos/dejetos de fossas de imóveis pertencentes a pessoas em vulnerabilidade socioeconômica no Município de São Luís e dá outras providências”;

– VE0020/2022 – Mensagem de Veto n° 22/2022. Projeto de Lei n° 0012/2021, do vereador Antônio Garcez, que “dispõe sobre o funcionamento de semáforos, no período compreendido entre vinte e três e cinco horas, no município de São Luís”.

– VE0021/2022 – Mensagem de Veto n° 25/2022. Projeto de Lei n° 0176/2021, do Vereador Dr. Gutemberg, que “dispõe sobre a implementação de caixas coletoras de máscaras usadas no âmbito do Município de São Luís e dá outras providencias”;

– VE0022/2022 – Mensagem de Veto n° 30/2022. Projeto de Lei n° 0099/2021, do Vereador Chico Carvalho, que “dispõe sobre a suspensão de Medidas Judiciais, Extrajudiciais ou Administrativas promovidas pelo Município de São Luís que resultem em despejo, desocupações ou remoções forçadas enquanto perdurar a pandemia e seus impactos da COVID 19”;

– VE0023/2022 – Mensagem de Veto n° 31/2022. Projeto de Lei n° 0265/2021, do vereador Marlon Botão, que “torna obrigatória a implantação do processo de coleta seletiva de resíduos sólidos nos estabelecimentos que especifica situados no município de São Luís”.

– VE0024/2022 – Mensagem de Veto n° 29/2022. Projeto de Lei n° 0252/2021, do vereador Ribeiro Neto, que “dispõe sobre a concessão de desconto no pagamento de IPTU às pessoas que adotem animais e dá outras providências”;

– VE0025/2022 – Mensagem de Veto n° 28/2022. Projeto de Lei n° 0129/2021, da vereadora Silvana Noely, que “autoriza o Poder Executivo Municipal a conceder desconto ou isenção de tributos aos munícipes que adotem animais e dá outras providências”; – VE0026/2022 – Mensagem de Veto n° 32/2022. Projeto de Lei n° 0081/2021, de iniciativa do Poder Executivo Municipal, que “dispõe sobre as Diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária de 2022 e dá outras providências”;

Finalmente a balneabilidade e saneamento das praias de São Luís serão priorizadas

O governador Carlos Brandão autorizou, nesta segunda-feira, um conjunto de investimentos que tratarão aumento da capacidade de coleta e tratamento de esgoto na capital maranhense. A medida irá garantir praias próprias para banho e maior qualidade de vida aos ludovicenses.

A partir de novas implantações de estações elevatórias e redes de esgotamento que serão distribuídas para atender o Sistema de Esgotamento Sanitário do Bacanga, São Francisco, Vinhais e Anil, será possível avançar com o desenvolvimento e solução ao saneamento básico de São Luís e, consequentemente, em relação à balneabilidade das praias.

Para o presidente da Associação Brasileira da Indústria e Hotéis do Maranhão (ABIH-MA), Armando Ferreira, o projeto de saneamento irá impulsionar, sobretudo, o turismo de lazer na capital. Armando acrescenta que a atitude de Brandão é muito bem-vinda pelo setor neste período pós-pandemia.

“É maravilhosa essa notícia do investimento no tratamento das praias, que nos trará uma melhora no turismo, sobretudo, no turismo de lazer, que será contemplado com praias limpas e esgotamento de qualidade. Estamos muito felizes por ter um governador amigo do turismo, que em momento de pós-pandemia promove sinergia para melhoria em todos os sentidos”, afirmou o presidente da ABIH-MA.

Boa parte dos turistas que vem ao Maranhão usam a capital do estado apenas como passagem para o município de Barreirinhas, pois a balneabilidade das praias era um ponto que espantava a maioria dos turistas que visitavam a cidade.  

“Hoje é uma data histórica para o saneamento de São Luís, acabamos de assinar uma ordem de serviço no valor de R$ 45 milhões para fazer a balneabilidade das nossas praias. Isso será um investimento na construção de 4 elevatórias, 22 km de rede coletora de esgotos e mais 3 mil novas ligações à esta rede”, afirmou Carlos Brandão.

O diretor-presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Marcos Aurélio, explica que a partir da autorização do governador será possível realizar adaptações que contemplem as necessidades do comércio, turismo e sociedade civil.

“Hoje, o governador cumpre uma de suas promessas de campanha e retoma a questão do saneamento de São Luís. A partir desta ordem assinada, faremos um novo marco em relação ao que as nossas praias precisam, ao que precisamos entregar ao trade turístico, ao cidadão de São Luís. Será um trabalho forte, vamos contribuir para a intensificação do turismo”, disse o diretor-presidente da Caema.

Projeto de saneamento

A partir das intervenções que serão realizadas nas bacias do Anil, Bacanga, São Francisco e Vinhais, será possível aumentar a capacidade de coleta e tratamento de esgoto por meio de 4 novas Estações Elevatórias de Esgotos (EEE’s) às margens do Rio Bacanga, Ilhinha e na margem do Rio Anil; implantações de 5,7 km de interceptores/coletores nas mesmas regiões; de 22 km de rede coletora; e de 3.130 novas ligações domiciliares.

Mais de oito mil doses aplicadas no primeiro final de semana da Campanha de Incentivo à Multivacinação

Foram mais de oito mil doses aplicadas nestes dois primeiros dias de Campanha de Incentivo à Multivacinação, que tem como tema “O Meu Time é da Vacina”. A ação oferece todas as vacinas disponíveis na Rede Pública de Saúde tem o objetivo de ampliar a cobertura vacinal.

A abertura oficial da campanha foi realizada no sábado (19), na cidade de Rosário, com a presença do governador do Maranhão, Carlos Brandão, que acompanhou a ação na Unidade Básica de Saúde (UBS) Sede. Durante esta semana, a vacinação continua nas Policlínicas Vinhais e Cidade Operária, no Shopping da Criança e no Hospital Aquiles Lisboa, em São Luís. No próximo sábado (26) e domingo (27), os shoppings voltam a funcionar como pontos de vacinação.

Neste último domingo (20), o governador Carlos Brandão e o secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, acompanharam a campanha no Shopping da Ilha e Pátio Norte. Na ocasião, o governador aproveitou para fazer um incentivo à vacinação. “Já iniciamos a Campanha de Multivacinação no Maranhão. Temos vários pontos abertos para que as pessoas possam reforçar a vacina contra a Covid-19 e também receber outras vacinas que são necessárias”, disse.

O secretário Tiago Fernandes comentou a estratégia da campanha. “O Governo do Maranhão, em parceria com os municípios e os shoppings, está trazendo a vacina para mais perto das crianças e famílias para que elas possam atualizar a carteirinha de vacinação. Dessa forma, alcançamos um maior número de pessoas, para ampliar nossa cobertura vacinal”, contou.

As vacinas oferecidas proporcionam proteção para o público de todas as idades, prevenindo doenças como Difteria, Hepatite A e B, Febre Amarela, Sarampo, Caxumba, Coqueluche, Pneumonia, Poliomielite, doenças diarreicas por rotavírus, Rubéola, Tétano, Meningite, Câncer do colo do útero, Influenza, Covid-19, dentre outras.

Adesão da população

Fernando Rodrigues Morais, 10 anos, tem Síndrome de Down e foi ao Shopping da Ilha com a família para tomar a vacina de HPV. A mãe, Loryane Rodrigues Morais, 44 anos, comentou sobre a acessibilidade dos novos pontos de vacinação. “Achei excelente a vacinação nos shoppings. É uma forma bem mais acessível e vai contemplar bem mais pessoas, principalmente aqueles que trabalham durante a semana e não tem como levar seus filhos aos postos durante o horário de funcionamento”, destacou.

Zilmar de Sá Uchoa, 65 anos, também foi ao Shopping da Ilha. Ela tomou a quarta dose da vacina da Covid-19 e ressaltou a necessidade de se proteger contra o coronavírus. “É muito importante que a gente tome consciência do que é essa doença. Muitas vidas se perderam, então a gente tem que se cuidar, é um cuidado pessoal”, afirmou.

No Pátio Norte, Vitor Hugo Moreno Muniz, 14 anos, aproveitou a oportunidade para atualizar a carteirinha. Acompanhado do pai, Raimundo Cordeiro Muniz, 53 anos, o adolescente tomou três vacinas: contra a Covid-19, Tétano e Meningite. Apesar do leve incômodo no braço, comentou: “Tomar a vacina vale a pena para não pegar as doenças. Uma picadinha dói muito menos do que ficar doente”, disse. (Secom governo)

Bolsonaristas organizam mais um ato antidemocrático para o feriado

Movimentos bolsonaristas que defendem um golpe militar organizam uma manifestação para amanhã, no feriado da Proclamação da República. Corre no acampamento em frente ao Quartel General do Exército, no Setor Militar Urbano, que caravanas de diversos estados estão mobilizadas para vir à capital federal.

“Os patriotas têm que vir todos aqui para Brasília, não adianta ficar nos estados”, discursou um dos líderes do acampamento, em cima de um trio elétrico, na noite de ontem. Os manifestantes, com pautas antidemocráticas, reuniram-se no meio da via que separa o QG da Praça dos Cristais para o encerramento dos protestos. O espaço estava demarcado por cones e monitorado pela polícia do Exército.

Em suas falas, os líderes criticaram o STF, pediram a saída do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e clamaram pelo auxílio das Forças Armadas. “Dizem que nós temos que aceitar o resultado de uma eleição fraudulenta”, soaram os alto falantes do trio, que podiam ser ouvidos a quilômetros de distância. Após os discursos, os manifestantes ouviram uma música gospel e apelos para manter o local organizado, respeitar as áreas demarcadas pelos militares e não agir de forma violenta. “Ninguém aqui está incitando a violência nem vai fazer isso”, disse um dos líderes.

A manifestação de amanhã está sendo organizada, principalmente, nas redes sociais bolsonaristas. Entre os presentes no acampamento — instalado em frente ao QG desde o segundo turno das eleições —, a expectativa é que seja a maior mobilização já feita até agora. “Meu cunhado está mandando 40 caminhões do Sul para cá”, contou um dos manifestantes. Segundo ele, seu cunhado é frotista, ou seja, dono de todos os veículos. Mais de 100 carretas estão estacionadas na Praça dos Cristais. Além de Brasília, atos antidemocráticos estão acontecendo em todo o país.

O acampamento em frente ao QG está bastante organizado, com áreas demarcadas para as barracas, banheiros químicos esvaziados diariamente, alimentação gratuita — com três refeições — e trio elétrico. Mesmo à noite, subia fumaça das barracas destinadas à alimentação, onde a janta era preparada. Segundo alguns manifestantes, empresários fornecem a estrutura necessária para a permanência dos bolsonaristas. A presença dos frotistas é a mais marcante, com caminhões padronizados, pertencentes ao mesmo dono.

O Ministério Público Federal (MPF), um dos alvos dos discursos antidemocráticos, monitora as manifestações em pelo menos 17 estados e no Distrito Federal, para identificar quem são os financiadores do movimento. É claro a quem visita o acampamento em Brasília a padronização de bandeiras, faixas e dos demais materiais presentes.

Investigação

Há pelo menos outras quatro frentes de investigação pelo MPF: violações de direitos ao impedir o direito de ir e vir dos cidadãos; uso de mulheres, crianças e idosos como escudo humano para evitar ações policiais; discursos de ódio e gestos nazistas; e listas de boicotes por motivação política. Em comunicado, o órgão considerou que as autoridades locais têm sido “lenientes” com os manifestantes. Procuradores confirmaram a falta de empenho em alguns estados para dispersar os atos, mesmo após ordem do STF.

O procurador federal dos Direitos do Cidadão Carlos Alberto Vilhena, um dos nomes à frente da articulação do MPF, disse que as manifestações, “por se dizerem patriotas, tendem a ter maior leniência e tolerância das autoridades públicas federais e estaduais”. “No entanto, os ânimos estão mais exaltados por conta da divisão ideológica e não podemos admitir manifestações que violem outros direitos, como a nossa ordem democrática” defende.

Mesmo com os ditos apelos por manter a manifestação pacífica, há casos por todo o país de brigas, hostilidade e ferimentos causados pelos bolsonaristas. Os protestos investigados ocorreram em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Acre, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Paraíba, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Rio Grande do Norte, São Paulo, Santa Catarina e Tocantins.

Ontem, o advogado Carlos Alexandre Klomfahs entrou na Justiça com um pedido de habeas corpus coletivo para todos os manifestantes que protestam contra o resultado das urnas em frente aos quartéis. Segundo o advogado, o salvo conduto é necessário para assegurar a liberdade de manifestação, reunião e locomoção.

Klomfahs diz ainda que a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF, em determinar a liberação das vias é inconstitucional e que o “único meio jurídico e republicano de obrigar” Moraes a “concretizar o direito de manifestação” é por meio de uma decisão colegiada. O plenário do STF já confirmou, em julgamento unânime no plenário virtual, a ordem do ministro para liberar vias públicas bloqueadas por bolsonaristas. (Com informações da Agência Estado/Coreio)

Festa da Juçara encerra neste fim de semana com shows e apresentações folclóricas

Encerrando a agenda desta 53ª edição, a tradicional Festa da Juçara acontece neste sábado (12) e domingo (13), no Parque da Juçara, bairro Maracanã, zona rural de São Luís. Na lista estão shows de artistas e diversas apresentações de grupos folclóricos maranhenses. A festança, que iniciou em outubro, voltou a todo vapor, após dois anos suspensa por conta da pandemia da Covid-19. Este retorno contou, mais uma vez, com o forte apoio do Governo do Estado que garantiu uma estrutura totalmente revitalizada e uma vasta programação cultural.

Na lista de atrações do domingo, no Palco Principal, os grupos Os Brotos, Argumento e apresentação folclórica do Cacuriá de Dona Teté e o batalhão pesado do Boi de Maracanã. No Espaço Praça de Alimentação, show do Grupo Digital e Iara Costa. A programação da Festa da Juçara vai das 9h às 20h, no sábado, e das 12h às 23h, no domingo com os shows e atrações culturais.

Esta edição, o público conta com um espaço totalmente novo, que incluiu a construção de calçadas, de banheiros e pavimentação com piso em concreto com acessibilidade. Foi realizado ainda serviço de drenagem, reformas de barracas, pavimentação, adaptação de área para estacionamento, reforma de palco, iluminação e sinalização, dentre outras importantes melhorias.

O local também conta com o Espaço do Artesão que exibe e comercializa o trabalho das pessoas que usam a semente da juçara para confeccionar peças como pulseiras, cordões, brincos. Para a criançada tem um playground. A Festa da Juçara tem como patrocinador o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), via Lei Estadual de Incentivo à Cultura. (Fonte: Secom)

Maranhão recebe primeiro lote de vacinas contra a Covid-19 para crianças

O Maranhão recebeu, nesta quinta-feira (10), o primeiro lote de vacinas Pfizer Baby contendo 40 mil doses para a vacinação contra a Covid-19 em crianças de seis meses a dois anos de idade. De acordo com as recomendações do Ministério da Saúde, esse quantitativo deve ser destinado à aplicação da primeira, segunda e terceira dose em crianças com comorbidades dentro da faixa etária estabelecida. Assim, aproximadamente 13 mil crianças devem ser vacinadas inicialmente.

O secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, reforça a importância de vacinar também as crianças contra a Covid-19. “Estamos nos aproximando do período chuvoso, quando os casos de síndromes gripais tendem a aumentar. Por isso, é muito importante que as nossas crianças estejam protegidas não só com as vacinas do calendário nacional, mas agora também com a vacina contra Covid-19”, disse o secretário.

A superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Tayara Pereira, destaca que antes da distribuição das vacinas, os municípios passarão por uma capacitação. “A vacinação deve ser iniciada pela faixa etária de seis meses e logo após serão seguidas as faixas de um e dois anos de idade. Para isso, antes da distribuição das doses, realizaremos, no dia 16 de novembro, uma capacitação via web onde foram convidados representantes de todas as Coordenações de Imunização e Atenção Primária dos 217 municípios maranhenses”, explicou a superintendente Tayara Pereira. (Fonte: SES)

Projetos de lei aprovados esta semana na Câmara de Vereadores

Na sessão ordinária realizada na última quarta-feira (9), os vereadores da Câmara de São Luís aprovaram diversos projetos de lei. Confira:

De autoria do Coletivo Nós (PT), o projeto de lei 190/22 institui, no dia 25 de julho, o Dia Municipal da Mulher Negra, cujo objetivo é fortalecer a luta e resistência da mulher negra contra a opressão de gênero, racismo, exploração de classe e a desigualdade socioeconômica.

O projeto prevê que, na data, as autoridades municipais deverão facilitar a realização e divulgação de iniciativas de conscientização, como palestras e seminários nas escolas, universidades, praças, teatros e demais equipamentos públicos do município. Dentre as homenagens previstas no PL, estão a concessão de menção honrosa, reconhecimento de mérito, diplomas e medalhas a pessoas cuja atuação seja voltada à temática.

Utilidade Pública

O vereador Zeca Medeiros (Patriota) propôs que o Instituto Educacional Cultura e Esperança (IECE) seja considerado de utilidade pública. O mesmo foi proposto pela vereadora Concita Pinto (PCdoB) para o Ministério Gideões – Casa de Oração;

Zonas de livre turismo O projeto de lei 142/22, do vereador Marcelo Poeta (PCdoB), institui no município de São Luís as zonas de livre turismo. O objetivo é de estimular o setor turístico com a atração e ampliação do fluxo, permanência e consumo de produtos e serviços por turistas, devendo gerar movimentação econômica, trabalho, emprego, renda e receitas públicas. (Fonte:  Secom Câmera)

Mostra de Arte e Cultura do Judiciário acontece nesta sexta (11)

No dia 11 de novembro, a Escola Superior da Magistratura do Maranhão realiza a 15ª edição do projeto ESMAM Cultural, evento já consolidado com espaço de cultura e arte do Judiciário maranhense. Nessa edição, a escola preparou uma programação especial para receber profissionais da Justiça e seus convidados e convidadas. O evento marca a programação comemorativa dos 36 anos da ESMAM.

O evento acontece na Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), localizada no Calhau, e tem início às 18h, com a apresentação das Pratas da Casa – iniciativa que visa reconhecer e valorizar os talentos do Judiciário do Maranhão. A entrada é aberta a todos os profissionais do Judiciário e seus convidados, mediante pulseira de acesso ao local, que será obtida em troca de 1Kg de alimento não perecível, no evento ou antecipadamente na sede da ESMAM.

Clarisse e Dijé prometem arrancar muitas gargalhadas do público presente, com as boas histórias e os dilemas da Comédia Pão com Ovo. O grupo teatral retrata, de forma bem humorada, situações cotidianas das famílias maranhenses de diferentes classes sociais, valorizando a cultura, os costumes e o linguajar local. Sempre se reinventando, a peça é sucesso de crítica, já ganhou quadro em programa de televisão e foi apresentada em teatros de outros estados.

Como já é tradição, o projeto abre espaço para as diversas formas de manifestação artística, como as já consolidadas apresentações musicais trazidas em outras edições do ESMAM Cultural. Desta vez, quem gosta de boa música terá a oportunidade de apreciar todo o talento do cantor Mano Borges e de se embalar com o ritmo contagiante do Grupo Lamparina.

Natural do Piauí, Mano Borges veio ainda pequeno para o Maranhão, onde se radicou e se dedicou à música. Cantor e compositor renomado, já publicou diversos álbuns e é dono de letras e clipes premiados, como País de Brincadeira, Tango Lupiciano, Você é Tudo e Os Nós. Participou de eventos nacionais e internacionais e realizou diversas parcerias de sucesso.

O Grupo Lamparina, idealizado pelo músico Paulinho Oliveira e originalmente composto por 11 integrantes, surgiu com a proposta de resgate da musicalidade maranhense, com forte apelo aos ritmos nordestinos. A Banda, consagrada no cenário maranhense, também já participou de eventos importantes no Brasil e outros países, como Argentina, Colômbia, Peru e França.

Além de uma profusão de ritmos – como tambor de crioula, toadas, coco, forró, marchinhas –, Lamparina traz para o palco do ESMAM Cultural muita irreverência, um figurino colorido e a a promessa de fazer o público dançar e cantar. Esta edição conta com a parceria e apoio do Grupo Mateus, Equatorial Energia, Costa Araçagy Condomínio Clube, Potiguar, Associação dos Magistrados e Secretaria de Estado de Turismo. (Ascom ESMAM)